Wellington denuncia atraso e falta de transparência em obra do calçadão de Imperatriz

Na manhã da quarta-feira (03), o deputado estadual Wellington do Curso cobrou explicações por parte do Governo do estado sobre a conhecida “obra do calçadão”, na cidade de Imperatriz. A obra deveria ser concluída no dia 21 de fevereiro de 2019 e o Governo do estado já foi multado por falta de transparência, já que no local da obra não há nenhuma informação sobre recursos, valores, fontes, por exemplo.

Ao se pronunciar, o deputado Wellington lamentou que o governador Flávio Dino “esconda” informações básicas sobre uma obra que já deveria ter sido entregue e lembrou que isso já aconteceu com outra obra, como a Beira Rio, em Imperatriz.

“Essa não é a primeira vez em que a falta de transparência marca o governador Flávio Dino. Em Imperatriz, no caso da obra Beira Rio, o Governo gastou mais dinheiro do que o previsto e inaugurou uma obra muito inferior do que foi prometido. Na Beira Rio o orçamento tinha a previsão de ser realizada por 3 milhões e gastaram quase 15 milhões. Além disso, demoraram mais de 01 ano para concluir. Flávio Dino entregou uma obra quase 5 vezes mais cara, com 1 ano de atraso e que causou muita reclamação em virtude da baixa qualidade da obra entregue. Agora, no caso da obra do calçadão, a obra segue atrasada e a população sem qualquer tipo de informação sobre os recursos gastos e a fonte. Por que esconder informações tão básicas? Acaso estaria Flávio Dino também tentando superfaturar mais essa obra?”, questionou o deputado Wellington.

Como encaminhamento, o deputado Wellington informou que tudo foi encaminhado ao Ministério Público para que seja fiscalizada a real aplicação dos recursos da obra orçada em R$ 3,4 milhões.

Documento

Vídeo

 

Notificação do CREA por falta de transparência, falta de placa da obra

 

Comentários