Wellington do Curso aciona Ministério Público para investigar supersalários de até R$ 91 mil na Caema

O deputado estadual Wellington do Curso formalizou, por meio de representação, os documentos que comprovam pagamento de supersalários na Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão – CAEMA. Entre os documentos, há cópia de folha de pagamento referentes aos meses de julho e agosto, em que há funcionários recebendo salários de até mesmo R$ 91 mil.

No texto da representação encaminhada ao Ministério Público, o deputado Wellington aponta, inclusive, a prática de ato de improbidade administrativa, visto que a Caema se negou a prestar informações de atos oficiais, violando, portanto, o princípio da publicidade.

“Recebemos a documentação que comprova a farra de supersalários na Caema. Como deputado estadual, uma de nossas funções é exatamente a de fiscalizar, razão pela qual solicitamos informações oficiais. O requerimento foi aprovado na Assembleia Legislativa e, até hoje, ninguém encaminhou nenhuma informação. Enquanto isso, a farra com os supersalários continua. Esperamos, agora, que o Ministério Público dê continuidade às investigações”, disse Wellington.

Comentários